Estrela da Mogiana

Notícias > Memórias de Jaguariúna

Os mistérios e lendas vivenciados por moradores de Jaguariúna

por Gislaine Mathias em 19/03/2019 Fazenda da Barra é cercada de muitas históriasHistórias, lendas ou apenas parte imaginário. Na Jaguariúna, do passado, era muito comum, a população relatar casos de assombração, que com o passar do tempo, foram se transformando em lendas e transmitidas de geração em geração. Algumas ainda são lembradas até os dias de hoje.
 
Barra assombrada
 
Uma história cheia de mistérios e muito comentada é da empregada doméstica que se apaixonou pelo filho do patrão, da família Guedes, e se suicidou por ser um amor impossível. Na copa da casa, onde ela se matou, ficou uma macha escura, que diziam que era o sangue da moça. Já quem passava férias na fazenda, chegou ver uma mulher vestida de cor-de-rosa, sentada na cama. É a lenda do quarto da mulher de cor-de-rosa.

Barulhos de correntes
 
A Fazenda da Barra, sempre foi cercada de mistérios. De acordo com histórias, a sala ficava na parte central da casa e era assoalhada com tábuas largas, e como, tinham os vãos, o som de baixo vinha para a parte de cima. As pessoas falavam que ouviam barulhos vindos do porão, como, arrastando correntes e supunham que eram as almas dos escravos que haviam morrido com sofrimento. Tinha um senhor que trabalhava na fazenda, mas entrava na casa grande por nada, pois tinha medo dessas lendas.

Cômodos da Fazenda da Barra são cercados de mistériosAssombrações na Florianópolis
 
A sede da Fazenda Florianópolis, conhecida atualmente como Serrinha, também tinha as suas assombrações. As pessoas contavam que ouviam barulhos vindos do porão da fazenda, como, estalo de chicote, gemidos e ruídos de escravos sendo chicoteados.

Lenda da moça do Viana assustava as crianças na Jaguariúna de antigamente Moça no Viana
 
Num passado distante, comentários de uma moça que morreu afogada no rio invadia o imaginário da criançada, que evitava passar pelo local a noite com medo de ver assombração da jovem.  

Trem noturno era conhecido como trem fantasmaTrem noturno ‘fantasma’
 
O Trem Noturno chegou a ser chamado de Trem Fantasma, e muitos ferroviários tinham medo de fazer rondas à noite para verificar se estava tudo certo com a linha. Segundo comentários, durante as rondas, era comum ver outro trem que desaparecia no túnel. Também existem histórias que era possível encontrar um outro homem vindo ao seu encontro e quando passava num certo lugar ele desaparecia e todos morriam de medo.
 
Picadão assombrado
 
Uma antiga história ainda enche de medo moradores antigos de Jaguariúna. Era costume por volta da meia noite, o trem noturno passar no picadão, na estrada de terra beirando o mato, próximo da Fazenda Santa Úrsula. Quem passava por esse caminho via um clarão e era o trem noturno que passava misteriosamente.

Figueira assombrada existe até hoje na estrada para PedreiraMulher de branco na Figueira
 
Uma antiga figueira, na estrada de Jaguariúna a Pedreira, ainda resiste ao tempo, mas os mais antigos da cidade recordam da história de uma moça que aparecia vestida de noiva na figueira, próximo, a Fazenda Serrinha, antiga Florianópolis. Naquela época, muitos tinham medo de passar pelo local.
 
Compartilhe: