Estrela da Mogiana

Notícias > Memórias de Jaguariúna

A força do trabalho dos imigrantes e a contribuição para o crescimento de Jaguariúna

por Gislaine Mathias/Estrela da Mogiana em 08/07/2021 Fontanella foi uma das famílias que chegaram no distrito com a imigração e fixou residência (Acervo Casa da Memória Padre Gomes)Jaguariúna contou em sua formação com a força do trabalho dos imigrantes italianos, libaneses, portugueses e espanhóis, sendo que a imigração ocorreu no final do século 19 e início do século 20.
 
Quando os coronéis começaram a quebrar em decorrência da crise do café, muitos imigrantes conseguiram adquirir as suas terras.
 
Eles ajudaram a construir Jaguariúna, em diversos segmentos. “Existe documentado em cartório, a compra de um terreno do Coronel Amâncio Bueno, em frente a Matriz, pelo meu bisavó Vittório Buffolo, em 1901”, comenta Miriam Alzira de Souza Zanon.
 
Nesse período, os imigrantes já estavam saindo das fazendas e se mudando para Jaguariúna, então, foram surgindo serrarias, armazéns de secos e molhados, alfaiataria, ferraria e padaria, entre outros serviços.
 
A mulher imigrante também mostrava muita força à frente da família. “A mulher era o grande pilar da sociedade de Jaguariúna, sendo muito participativa. Elas não só cuidavam dos filhos e da casa, mas coordenavam as famílias e participavam dos negócios do marido”, conta Miriam.
 
Imigrantes
Compartilhe:
Comente: